cultura

Noticias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
Prev Next

FEIRA DE ARTE

FEIRA DE ARTE

Feira de Arte promovida pela Fundação Dionísio Pinheiro e Alice Cardoso Pinheiro em parceria com a Vieira Duque - Galeria de Arte e Cultura. Obras de desenho, pintura, escultura, fotografia, entre outras, podem encontrar um lugar de destaque em sua casa ou serem presentes exclusivos e diferenciados para oferecer a amigos. Agora resta saber: Quais são as temáticas que lhe são mais queridas? Com que artistas...

Read more

Aviso | Alteração Provisória de Horário

Aviso | Alteração Provisória de Horário

AvisoAlteração provisória de horário para visitas presenciais Devido às contingências causadas pela pandemia de COVID-19, o horário para visitas presenciais ao Museu será temporariamente restrito. O serviço de secretaria funciona no horário normal através dos seguintes contactos:(+351) 234 623 720(+351) 913 333 000conservador.museu@fundacaodionisiopinheiro.pt- redes sociais da Fundação (Facebook e Instagram) Horário temporário do Museu: (para realização de visitas faça marcação prévia)Terça a Sexta-feira: 14:00 às 17:30 Sábado: 10:00 às...

Read more

Exposição “O meu lado feminino”

Exposição “O meu lado feminino”

A exposição temporária “o meu lado feminino”, inaugurada no dia 7 de Março de 2020, conta com a participação de mais de 100 artistas nacionais e internacionais com obras de pintura, escultura, fotografia, joalharia, arte bruta, arte popular e escrita poética. Ao todo, contam-se mais de 200 obras expostas nas 3 salas de exposição temporária da Fundação e também o espaço de exposição permanente acolhe...

Read more

!ARTE vs VÍRUS! Desconfinamento pela Criatividade

A Arte e a Cultura não param e reinventam-se. Esta exposição virtual foi idealizada e executada digitalmente, tendo em conta as bases conceptuais do tempo que vivemos, marcado pela crise pandémica.  O dinamismo criado com este projeto permitiu que se estabelecesse um fluxo de arte, quer entre criadores (artistas) como com os demais observadores (público geral). A exposição teve o seu inicio nas redes sociais...

Read more

A ARTE NÃO ENTRA EM QUARENTENA

A ARTE NÃO ENTRA EM QUARENTENA

Exposição virtual de obras de arte criadas durante o periodo de "quarentena" e onde estão representados os artistas: A. Fe, Aparício Farinha, Arménio Diniz, Aurora Bernardo, Dalia Santos, Daniela Alegria, Lopes de Sousa, Maria José Ferreira, Margarida Guerra, Pedro d'Oliveira, Rosina Gaudio, Zita Santos A exposição pode ser visitada em: https://www.artsteps.com/view/5eaaeebb16533f6fd0faa2b9

Read more
 Mais Noticias >> Consulte o nosso arquivo de Noticias.

Apresentação

Article Index
Apresentação
Pag.2
Pag.3
All Pages
There are no translations available.

Começo por cumprimentá-los a todos em nome da Fundação Dionísio Pinheiro e Alice Cardoso Pinheiro.

É impossível ignorar que entre a produção artística de uma determinada época e a situação social, cultural, religiosa, económica e política estão sempre presente relações de íntima cumplicidade levando, no estudo da história de arte, a uma obrigatória abordagem e conhecimento do meio social em que surge, na respectiva contemporaneidade. Então, a arte e o seu reflexo presente e futuro são um produto do diálogo entre ela e o ente social e o respectivo poder, sem determinismos últimos ou um condicionalismo fatal, extraindo-lhe qualquer autonomia imaginativa.

Sala 2 do Museu Dionisio PinheiroNo Museu, o objecto não perde as funções anteriores, antes ganha a capacidade de representar, contando uma história.

O objecto museológico pode ser transformado pela acção da humanidade e da natureza, que lhe conferirá novos atributos estéticos e de funcionalidade.

São estas metamorfoses que se operam neste Museu. Mutações do objecto. Um crucifixo manterá o valor de culto, no entanto, ganha o valor de exposição. Permitindo, assim, o estudo entre a humanidade e a realidade.

Sendo assim, os objectos comunicam, tal como outro bem cultural ou natural, estabelecendo relações díspares por entre o público que o admira, o examina, o ama, o deseja, o cultiva, o ignora. Igual à música do Cartola, as rosas não falam, mas roubam o perfume da mulher amada.